A ciência está próxima de compreender por que nem todo o mundo desenvolve a doença de Alzheimer à medida que envelhece.