Em meio a relatos conflitantes sobre a necessidade de vitamina E, e quanto seria o suficiente, uma nova análise sugere que níveis adequados deste micronutriente essencial são especialmente críticos para os muito jovens, os idosos e as mulheres que estão ou planejam engravidar.