"Dentre 20 casos de câncer de testículo, nós podemos agora curar 19, mas um número significativo dos sobreviventes tem baixo nível de testosterona, e isso pode afetar outros aspectos de sua saúde. Com base neste estudo e outros, os clínicos devem perguntar aos sobreviventes de câncer de testículo se eles têm sintomas de baixa testosterona e devem observar sinais de problemas de saúde associados", afirmou o Dr. Timothy D. Gilligan, especialista da Sociedade Americana de Oncologia Clínica (ASCO).