A substituição de carboidratos glicêmicos por inulina da chicória reduz a resposta de glicemia e insulina pós-prandial.

INTRODUÇÃO

Cada vez mais a população está se conscientizando que os carboidratos não são todos iguais para o organismo. Dependendo de sua absorção, da presença de fibras ou não, por exemplo, pode-se retardar a liberação de insulina pelo corpo, diminuindo assim seu índice glicêmico.

Um recente trabalho no European Journal of Nutrition efetuou dois experimentos distintos, confirmando os benefícios da fibra inulina, derivada da raiz da chicória sobre os riscos metabólicos – incluindo o controle dos níveis de açúcar no sangue.

Leia mais

Relatório da OMS confirma a necessidade de alternativas aos antibióticos atuais

Um novo relatório confirma a crescente literatura de evidências que afirma que estamos ficando sem antibióticos que possam combater a crescente ameaça de bactérias resistentes a drogas. Com o título “Antibacterial agents in clinical development – an analysis of the antibacterial clinical development pipeline, including Mycobacterium tuberculosis” (tradução livre, Agentes antibacterianos em desenvolvimento clínico – uma análise do andamento do desenvolvimento clínico antibacteriano, incluindo a Mycobacterium tuberculosis), o relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS) – número de referência: WHO/EMP/IAU/2017.11 – pede ao setor de medicamentos e cientistas que deem prioridade à pesquisa de alternativas aos antibióticos atuais.
Leia mais

O déficit de olfato é associado à desnutrição em pacientes com doença renal

Um estudo do Hospital Geral de Massachusetts (MGH) descobriu que os déficits no sentido do cheiro ou olfato são importantes contribuintes para a falta de apetite frequentemente observada em pacientes com doença renal grave. Em seu relatório no Journal of the American Society of Nephrology, a equipe de pesquisa descreve a descoberta de anormalidades olfativas em cerca de 70 por cento dos pacientes com doença renal crônica e 90 por cento das pessoas com doença renal em estágio final, e que déficits mais significativos foram associados a fatores indicando uma má nutrição.
Leia mais