Uma teoria emergente sugere que os ataques de enxaqueca podem ser a resposta de autoproteção do cérebro ao estresse oxidativo, que é um processo celular ligado ao envelhecimento e ao aumento da suscetibilidade à doença. As enxaquecas são ataques severos de dor de cabeça que podem durar entre algumas horas e alguns dias, prejudicando significativamente a produtividade e a qualidade de vida.