Mudanças epigenéticas são modificações químicas que ligam ou desligam nossos genes. Em um novo estudo da Universidade de Uppsala (Suécia), os pesquisadores mostram que, nas mulheres, o consumo de chá leva a mudanças epigenéticas em genes que são conhecidos por interagir com o câncer e o metabolismo de estrogênio. Os resultados foram publicados na revista Human Molecular Genetics

 

É bem sabido que nossos fatores ambientais e de estilo de vida, como escolhas alimentares, tabagismo e exposição a produtos químicos, podem levar a mudanças epigenéticas. No estudo atual, pesquisadores da Universidade de Uppsala, em colaboração com grupos de pesquisa de toda a Europa, investigaram se o consumo de café e chá pode levar a mudanças epigenéticas. Estudos anteriores sugeriram que tanto o café quanto o chá desempenham um papel importante na modulação do risco de doença em humanos, reprimindo a progressão tumoral, diminuindo a inflamação e influenciando o metabolismo do estrogênio – mecanismos que podem ser mediados por alterações epigenéticas.

 

Os resultados mostram que há alterações epigenéticas nas mulheres que consomem chá, mas não nos homens. Curiosamente, muitas dessas alterações foram encontradas em genes envolvidos no câncer e no metabolismo do estrogênio. “Estudos anteriores mostraram que o consumo de chá reduz os níveis de estrogênio, o que evidencia uma diferença potencial entre a resposta biológica ao chá em homens e mulheres. As mulheres também bebem quantidades maiores de chá em comparação com os homens, o que aumentou a possibilidade de encontrar a associação nas mulheres”, relata Weronica Ek, pesquisadora do Departamento de Imunologia, Genética e Patologia, que liderou o estudo. Os pesquisadores não encontraram alterações epigenéticas em indivíduos que consumiram café.

 

Os resultados deste estudo destacam o papel dos componentes farmacologicamente ativos no chá envolvidos no câncer e no metabolismo do estrogênio, o que pode refletir que os efeitos sobre a saúde relacionados ao chá podem ser devidos a mudanças epigenéticas. No entanto, pesquisas adicionais são necessárias para entender como essas mudanças epigenéticas encontradas afetam a nossa saúde. Já foi demonstrado que as catequinas do chá levam a mudanças epigenéticas in vitro e em células de câncer cultivadas, apontando que alguns dos efeitos do chá sobre a saúde podem ser mediados pela epigenética.

 

Traduzido por Essentia Pharma

 

Fonte:https://www.uu.se/en/media/news/article/?id=8870&area=2,4,10,16&typ=artikel&lang=en

 

“As informações fornecidas neste site destinam-se ao conhecimento geral e não devem ser um substituto para o profissional médico ou tratamento de condições médicas específicas. Procure sempre o aconselhamento do seu médico ou outro prestador de cuidados de saúde qualificado com qualquer dúvida que possa ter a respeito de sua condição médica. As informações contidas aqui não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Nunca desconsidere o conselho médico ou demore na procura por causa de algo que tenha lido em nosso site e mídias sociais da Essentia.”