O açafrão-da-terra*, também conhecido como açafrão-da-índia, cúrcuma, turmérico, raiz-de-sol e gengibre amarelo, recebe uma atenção especial tanto na área médica quanto na culinária há milênios. Ele é uma planta perene herbácea rizomática (Curcuma longa) da família do gengibre. No seu rizoma (raiz ou bulbo) encontramos o polifenol, além de outro componente que oferece muitos efeitos para a prevenção e tratamento de doenças crônicas, todos muito estudados e evidenciados cientificamente: a curcumina.
 
Um recente artigo de revisão literária publicado no jornal Foods afirma que “a curcumina está sendo reconhecida e usada em todo o mundo sob muitas formas e para múltiplos benefícios potenciais para a saúde. Por exemplo, na Índia, o açafrão-da-terra – que contém a curcumina – é usado nos molhos de curry; no Japão, é servido no chá; na Tailândia, é usado em cosméticos; na China, é usado como um corante; na Coréia, é servido em bebidas; na Malásia, é usado como antisséptico; no Paquistão, é usado como agente anti-inflamatório; nos Estados Unidos, é usado em molho de mostarda, queijo, manteiga e batatas fritas, como conservante e agente colorante, além de em cápsulas para a saúde”.
 
Os autores alegam também que a curcumina está disponível sob várias formas, incluindo cápsulas, comprimidos, pomadas, bebidas energéticas, sabonetes e cosméticos. Os curcuminoides foram aprovados pela US Food and Drug Administration (FDA) como Geralmente Reconhecido como Seguro (GRAS), e boa tolerabilidade e perfis de segurança foram demonstrados através de ensaios clínicos, mesmo em doses entre 4.000 e 8.000 mg/dia, e também doses até 12.000 mg/dia com 95% de concentração de três curcuminoides: curcumina, bisdemetoxcurcobrina e demetoxcurcobrina“.
 
Benefícios da curcumina
 
Como a absorção da curcumina pelo organismo é pequena devido ao seu rápido metabolismo e rápida eliminação, alguns agentes são combinados junto a ela na hora da produção ou manipulação do suplemento, formando um complexo. Por exemplo, segundo a revisão, a sua combinação com a piperina – uma conhecida potencializadora de biodisponibilidade e principal componente ativo da pimenta-preta (Piper nigrum) – foi associada resultando em um aumento de 2.000% de absorção da curcumina.
 
Quanto aos seus efeitos para a saúde, devido à grande extensão da literatura, os autores optaram por se concentrar nos benefícios associados a algumas condições de saúde comuns e aos benefícios em pessoas saudáveis. Desta vez, portanto, deixaram de rever a extensa literatura relacionada ao câncer e outros estados patológicos, mas direcionam os mais interessados a outro estudo: “Para uma revisão abrangente dos efeitos da curcumina sobre o câncer, veja o artigo de Kunnumakkara et al. 2017”.
 
Os dois mecanismos de ação primários que explicam a maioria dos efeitos da curcumina se dão através de suas propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, e os autores concluem ainda que pesquisas sugerem que a curcumina pode ajudar:
 
• no manejo de condições oxidativas e inflamatórias,
• síndrome metabólica,
• artrite
• ansiedade
• hiperlipidemia.
 
Além disso, a planta também auxilia o gerenciamento da inflamação induzida pelo exercício e dor muscular, aumentando assim a recuperação e o desempenho subsequente em pessoas ativas. Outro benefício da curcumina, segundo os estudiosos, é que uma dose relativamente baixa pode fornecer benefícios saudáveis para pessoas que não possuem problemas de saúde diagnosticados.
 
*Nota: não confundir o bulbo açafrão-da-terra com o açafrão que é extraído de pistilos de flores de Crocus sativus – tempero essencial da paella espanhola e também utilizado para fins medicinais.
 
Traduzido e adaptado por Essentia Pharma:
Hewlings SJ; Kalman DS. Curcumin: A Review of its Effects on Human Health. Foods, 2017. Doi:10.3390/foods6100092
 
Os artigos aqui postados não necessariamente expressam a visão da Empresa
 
“As informações fornecidas neste site destinam-se ao conhecimento geral e não devem ser um substituto para o profissional médico ou tratamento de condições médicas específicas. Procure sempre o aconselhamento do seu médico ou outro prestador de cuidados de saúde qualificado com qualquer dúvida que possa ter a respeito de sua condição médica. As informações contidas aqui não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Nunca desconsidere o conselho médico ou demore na procura por causa de algo que tenha lido em nosso site e mídias sociais da Essentia Pharma ou Essential Nutrition.