Um estudo publicado no Journal of Headache Pain revela que uma única ingestão de glutamato monossódico (MSG) produziu dor de cabeça na maioria dos indivíduos saudáveis testados.[I]

 

Os pesquisadores realizaram um estudo cruzado, duplo-cego e controlado por placebo para examinar o efeito da ingestão repetida de MSG para:

 

  • Dor espontânea
  • Sensibilidade mecânica dos músculos mastigatórios (os quatro músculos que movem a mandíbula lateralmente)
  • Efeitos colaterais
  • Pressão sanguínea

 

O método de estudo foi descrito da seguinte forma:

 

“Quatorze indivíduos saudáveis participaram de 5 sessões diárias durante uma semana de ingestão de MSG (150 mg/kg) ou placebo (24 mg/kg de NaCl) (randomizado, duplo cego). Dores espontâneas, limiares de dor à pressão e níveis de tolerância para os músculos masseter e temporal, efeitos colaterais e pressão arterial foram avaliados antes e 15, 30 e 50 minutos após a ingestão de MSG. Foram colhidas amostras de saliva antes e 30 minutos após a ingestão de MSG para avaliar as concentrações de glutamato”.

 

Os resultados foram os seguintes:

 

  • A dor de cabeça ocorreu em 8 dentre os 14 indivíduos do grupo MSG e 2 dentre os 14 do grupo placebo.
  • As concentrações salivares de glutamato no dia 5 se elevaram significativamente (P <0,05).
  • Os limiares de dor à pressão no músculo masseter foram reduzidos (isto é, aumento da dor) por MSG nos dias 2 e 5 (P <0,05).
  • A pressão arterial foi significativamente elevada após MSG (P <0,040).
  • A tolerância não se desenvolveu ao longo de 5 dias de ingestão de MSG.

 

Além disso, observou-se que uma grande variedade de efeitos colaterais ocorreu em maior frequência no grupo MSG, incluindo:

 

  • Mandíbula dolorida
  • Náusea
  • Fadiga
  • Dor de cabeça
  • Dor de estômago
  • Tontura
  • Pressão no peito

(Para ver as tabelas de efeitos secundários do estudo, acesse o artigo original citado abaixo.)

 

Discussão

Este estudo tem profundas implicações, na medida em que a maioria dos alimentos embalados e preparados no mercado hoje possuem glutamato monossódico adicionado ou um “concentrado alimentar” rico em glutamato destinado a modelar seus efeitos de aumento de sabor, p.ex., “proteína de soja hidrolisada”, “extrato de levedura”, etc. Portanto, é quase impossível evitá-lo, a menos que você esteja comendo uma dieta baseada em alimentos integrais, frescos ou preparados por você mesmo a partir do zero. Para aqueles que sofrem de queixas de saúde listadas acima, a prevenção contra o consumo de MSG deve ser uma parte vital de estratégia para melhorar a sua saúde através da dieta.

 

Este estudo também tem implicações profundas para o tratamento das Disfunções Temporomandibulares (DTM). De acordo com o estudo, a DTM afeta aproximadamente 10% da população[ii] [iii], com o principal sintoma levando o paciente a buscar atenção médica para a dor na articulação temporomandibular e/ou nos músculos mastigatórios.

 

Curiosamente, 70% dos pacientes com DTM relatam dor muscular mastigatória e são descritos como sofrendo de DTM miofascial [iv], apesar do fato de que há pouca evidência de mudança patológica contínua nos músculos mastigatórios. Tem-se a hipótese de que os desencadeantes alimentares podem agravar as condições de dor craniofacial, mas até agora pouca ou nenhuma pesquisa foi realizada em associação com o MSG. Como as doses utilizadas no estudo (150 mg/kg) estão dentro das faixas diárias totais de consumo de glutamato (50-200 mg/kg/dia) [v], é provável que a alta prevalência de DTM sem lesões patológicas óbvias dentro das populações consumidoras de glutamato possa ser devido ao MSG.

 

O MSG tem uma ampla gama de efeitos adversos para a saúde

 

O MSG é uma substância neurotóxica e disruptora endócrina, ligada a mais de uma dúzia de condições de saúde. Em um artigo anterior, “MSG: Drug, Poison ou Flavor Enhancer”, foi dada atenção no mecanismo excitotóxico pelo qual “melhora o sabor” de uma forma semelhante a uma droga, ao mesmo tempo que danifica neurônios, além de sua capacidade de contribuir para a síndrome metabólica: um conjunto de patologias, incluindo resistência à insulina, ganho de peso, perfis lipídicos sanguíneos alterados e hipertensão arterial. Se é tão prejudicial, por que todos usam? Porque faz com que o sabor da comida melhore e provoca um desejo de querer mais de uma forma viciosa.

 

 

Traduzido por Essentia Pharma

 

Referências bibliográficas no artigo original: www.thesleuthjournal.com/msg-toxic-causes-headache/

 

“As informações fornecidas neste site destinam-se ao conhecimento geral e não devem ser um substituto para o profissional médico ou tratamento de condições médicas específicas. Procure sempre o aconselhamento do seu médico ou outro prestador de cuidados de saúde qualificado com qualquer dúvida que possa ter a respeito de sua condição médica. As informações contidas aqui não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Nunca desconsidere o conselho médico ou demore na procura por causa de algo que tenha lido em nosso site e mídias sociais da Essentia.”