O iodo aumenta o QI do bebê e reduz os custos de cuidados de saúde

De acordo com um novo estudo britânico, os suplementos de iodo podem aumentar o QI de um bebê, e até mesmo gestantes que vivem em países com deficiência moderada do mineral poderiam se beneficiar de sua suplementação.   "A deficiência de iodo durante a gravidez continua a ser a principal causa de retardo evitável em todo o mundo. Mesmo a deficiência de iodo leve durante a gravidez está associada com crianças com QI mais baixo", Kate Jolly, coautora e professora de saúde pública da Universidade de Birmingham, no Reino Unido, afirmou a HNGN.com. "Já está na hora de todas as mulheres que vivem em países com deficiência de iodo (sem orientação de sua suplementação), e que estejam grávidas, amamentando, ou planejando uma gravidez, sejam aconselhadas a tomar um suplemento diário contendo o mineral."
Leia mais

Altas doses de vitamina D para melhorar o crescimento em prematuros com baixo peso

O nascimento prematuro é definido como nascido antes das 37 semanas de gestação, e é responsável por 5 a 18% de todos os nascimentos. Os bebês que nascem prematuros têm um risco maior de complicações no parto, tais como, paralisia cerebral, atraso no desenvolvimento, baixo peso ao nascer, doenças respiratórias e mortalidade. O nascimento prematuro é a principal causa de mortalidade em crianças.
Leia mais