Um estudo, publicado na edição de Diabetes Research and Clinical Practice (maio, 2016), descobriu que a suplementação de zinco melhorou a capacidade de homens e mulheres pré-diabéticos para processar a glicose. “Uma série de pequenos estudos indicam que a suplementação de zinco melhora o processamento de glicose”, nota autores M. R. Islam, Universidade de Newcastle, Austrália e do Instituto de Pesquisa Médica Hunter, e seus colegas. “Neste estudo piloto, duplo cego, controlado por placebo e randomizado, nos propusemos a investigar se a suplementação de zinco entre adultos pré-diabéticos melhora a glicemia de jejum, o índice HOMA (um índice de resistência à insulina) e, finalmente, previne o desenvolvimento do diabetes tipo 2.”

 

O estudo incluiu 55 pacientes pré-diabéticos residentes em Bangladesh, que é uma das regiões mais deficientes de zinco do mundo. Os indivíduos receberam 30mg de sulfato de zinco ou um placebo diariamente, durante seis meses. A glicemia de jejum, parâmetros HOMA – incluindo a função das células beta do pâncreas, a sensibilidade e resistência à insulina, zinco sérico e os lipídios foram medidos no início e no final do estudo.

 

No final do período do tratamento, os participantes que receberam zinco apresentaram menor concentração de glicose em jejum, em comparação com o grupo placebo, bem como em comparação com os níveis medidos no seu próprio grupo no início do estudo. A função da célula beta, a sensibilidade e a resistência à insulina também melhoraram entre aqueles que receberam zinco.

 

Como potenciais mecanismos, os autores observam que o zinco é necessário para a ação da insulina e metabolismo de carboidratos, para moderar os níveis de citocinas inflamatórias, que podem destruir as células beta, para a prevenção de polipeptídio amiloide das ilhotas de se agregarem em fibras amiloides, que têm um efeito tóxico sobre as células beta, para reduzir o estresse oxidativo e outras funções de proteção.

 

“Do nosso conhecimento, este é o primeiro estudo a mostrar uma melhora no processamento da glicose usando parâmetros HOMA em participantes com pré-diabetes”, Dr. Islam e associados anunciaram.

 

Fonte:http://www.lifeextension.com/newsletter/2016/4/Zinc-supplementation-associated-with-better-glucose-handling-in-prediabetics/Page-01?utm_source=eNewsletter&utm_medium=email&utm_content=Header&utm_campaign=EZXX00E

 

“As informações fornecidas neste site destinam-se ao conhecimento geral e não devem ser um substituto para o profissional médico ou tratamento de condições médicas específicas. Procure sempre o aconselhamento do seu médico ou outro prestador de cuidados de saúde qualificado com qualquer dúvida que possa ter a respeito de sua condição médica. As informações contidas aqui não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Nunca desconsidere o conselho médico ou demore na procura por causa de algo que tenha lido em nosso site e mídias sociais da Essentia.”