Um novo estudo revelou que confinando o consumo calórico para um período de 8 a 12 horas e evitando petiscar tarde da noite pode evitar o colesterol alto, diabetes e obesidade.

A pesquisa do Instituto Salk sugeriu que não é apenas o que as pessoas comem, mas quando é que elas comem que importa para a sua saúde.

Em 2012, Satchidananda Panda, um professor associado do Instituto Salk, mostrou que camundongos que foram alimentados com uma dieta rica em gordura, mas com acesso a essa dieta por apenas oito horas por dia, eram mais saudáveis e mais esbeltos do que os que tinham acesso à mesma comida durante o dia inteiro, mesmo que os dois grupos consumissem o mesmo número de calorias.

O novo estudo mostrou que os benefícios da restrição de tempo foram surpreendentemente mais profundos do que o inicialmente previsto e que podem reverter a obesidade e diabetes em modelos animais.

Os autores demonstraram que a restrição do tempo melhor sincroniza a função de centenas de genes e seus produtos em nosso corpo.

Amandine Chaix, pesquisadora de pós-doutorado do laboratório de Panda disse que o efeito terapêutico da restrição de tempo foi surpreendente, também dando provas de que as deficiências nutricionais no início da vida podem deixar uma marca duradoura sobre o metabolismo dos animais.

Panda disse que a utilização dessa nova maneira de experimento com camundongos – geneticamente idênticos consumindo quantidades iguais de uma determinada dieta, apenas em diferentes horários – dá aos pesquisadores uma ferramenta para analisar a fundo as causas da diabetes.

A análise global dos parâmetros sanguíneos em camundongos com restrição de tempo revelou que várias vias moleculares que dão errado na doença metabólica voltam a se normalizar e vias de proteção são religadas, Chaix ainda acrescentou.

Os próximos passos incluem olhar mais aprofundadamente para essas vias, bem como investigar os efeitos de uma alimentação com restrição de tempo em seres humanos.

O estudo foi publicado na revista Cell Metabolism.

 

 

 

Traduzido por Essentia Pharma

Autor: Asian News International

Fonte: http://www.lef.org/News/LefDailyNews?NewsID=23202&Section=NUTRITION&utm_campaign=normal&utm_source=twitter&utm_medium=social

“As informações fornecidas neste site destinam-se ao conhecimento geral e não devem ser um substituto para o profissional médico ou tratamento de condições médicas específicas. Procure sempre o aconselhamento do seu médico ou outro prestador de cuidados de saúde qualificado com qualquer dúvida que possa ter a respeito de sua condição médica. As informações contidas aqui não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Nunca desconsidere o conselho médico ou demore na procura por causa de algo que tenha lido em nosso site e mídias sociais da Essentia.”