Com o recente aumento na popularidade de suplementos derivados de fontes naturais para manter um corpo saudável, tem havido grande dose de atenção para o desenvolvimento dos chamados “alimentos do cérebro”, que podem melhorar a função cerebral. De particular importância é a astaxantina (ASX), pigmento vermelho natural abundante no salmão e em crustáceos, como o camarão, krill e caranguejo. ASX tem um efeito antioxidante poderoso, e promete ser um suplemento natural da próxima geração, pois é capaz de penetrar a barreira sangue-cérebro, de entrar no cérebro, onde atua diretamente sobre as células nervosas. ASX também é conhecida por ter um efeito neuroprotetor no modelo animal de doença neurológica. No entanto, existem muitas questões não respondidas quanto aos efeitos sobre a função de ASX no hipocampo, especialmente se pode ou não aumentar a neuroplasticidade do hipocampo.

 

Um grupo de pesquisa liderado pelos professores Hideaki Soya e Randeep Rakwal da Faculdade de Saúde e Ciências do Desporto, Universidade de Tsukuba, investigou o efeito do pigmento natural ASX – o qual se acredita ter a mais potente atividade antioxidante entre os carotenoides-, sobre a função do hipocampo. Os resultados mostraram pela primeira vez que ASX, fornecida a camundongos durante 4 semanas, promoveu neurogênese (processo de formação de novos neurônios no cérebro) no hipocampo de uma maneira dependente da concentração, e elevou sua capacidade de aprendizagem e de memória.

 

Através da realização de futuros experimentos sobre o mecanismo molecular por trás da ação da astaxantina, conforme a hipótese dessas análises bioinformáticas, visando tecidos do hipocampo e células com métodos de deleção (apagamento) de gene ou inibidores específicos, os pesquisadores poderão ser capazes de esclarecer o mecanismo em maior detalhe. Com isso, serão possíveis futuros desenvolvimentos de medicamentos e alimentos médicos (ou funcionais).

 

Fonte: http://www.alphagalileo.org/ViewItem.aspx?ItemId=161257&CultureCode=en

 

“As informações fornecidas neste site destinam-se ao conhecimento geral e não devem ser um substituto para o profissional médico ou tratamento de condições médicas específicas. Procure sempre o aconselhamento do seu médico ou outro prestador de cuidados de saúde qualificado com qualquer dúvida que possa ter a respeito de sua condição médica. As informações contidas aqui não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Nunca desconsidere o conselho médico ou demore na procura por causa de algo que tenha lido em nosso site e mídias sociais da Essentia.”