De acordo com pesquisa preliminar liderada por Jaroslaw Walkowiak, gastroenterologista da Universidade de Ciências Médicas em Poznan (Polônia), pesquisa mostrou que o alto consumo de chá verde pode interferir na absorção do amido, um carboidrato presente no pão, arroz e batata, entre outros alimentos.

Walkowiak e sua equipe de estudo submeteram 28 pessoas, com idades entre 19 e 28 anos, em jejum por 12 horas. Após esse tempo, os participantes consumiram uma refeição à base de cereais, fonte de amido, e uma dose de chá verde ou placebo de forma aleatória. Pelo teste respiratório do hidrogênio expirado, os pesquisadores observaram que os sujeitos que consumiram a dose de chá verde tiveram mais dificuldade na digestão e absorção de amido em comparação com aqueles que tomaram placebo.

 

Os cientistas salientam que a alta dose de chá verde administrada aos participantes (correspondente a várias xícaras de chá) não corresponde a um padrão de consumo diário, assim, os efeitos potenciais realisticamente devem ser menos pronunciados.

 

Eles também sugerem ser necessária uma pesquisa mais abrangente para determinar o mecanismo pelo qual o chá verde afeta a digestão e o significado clínico dos seus elementos químicos.

 

Nota do editor: O resultado do estudo mencionado corrobora com dados do estudo de 2012 publicado no Journal of Agricultural and Food Chemistry em que, juntamente com o extrato de uva, o extrato de chá verde inibe a ação de certas enzimas que participam da digestão do amido, oferecendo uma alternativa à base de plantas para várias aplicações quanto ao controle glicêmico.

 

 

Traduzido por Essentia Pharma

Fonte:http://www.s21.com.gt/internacionales/2015/07/30/te-verde-puede-dificultar-digestion-hidratos-carbono

 

“As informações fornecidas neste site destinam-se ao conhecimento geral e não devem ser um substituto para o profissional médico ou tratamento de condições médicas específicas. Procure sempre o aconselhamento do seu médico ou outro prestador de cuidados de saúde qualificado com qualquer dúvida que possa ter a respeito de sua condição médica. As informações contidas aqui não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Nunca desconsidere o conselho médico ou demore na procura por causa de algo que tenha lido em nosso site e mídias sociais da Essentia.”