Os adoçantes artificiais não calóricos (NAS) estão entre os aditivos alimentares mais utilizados no mundo, regularmente consumidos tanto por indivíduos magros quanto obesos.

O consumo de NAS é considerado seguro e benéfico devido ao seu baixo teor calórico, mesmo que dados científicos permaneçam escassos e controversos. Aqui demonstramos que o consumo de formulações NAS comumente utilizadas impulsiona o desenvolvimento da intolerância à glicose através da indução de alterações composicionais e funcionais para a microbiota intestinal. Estes efeitos metabólicos prejudiciais mediados por NAS são anulados por tratamento com antibióticos e são totalmente transmissíveis para camundongos livres de germes mediante transplante fecal de configurações da microbiota a partir de camundongos que consomem NAS, ou da microbiota anaerobicamente incubada na presença de NAS. Identificamos vias metabólicas microbianas alteradas de NAS que estão ligadas à susceptibilidade do hospedeiro às doenças metabólicas, e demonstramos semelhante disbiose induzida pelo NAS e intolerância à glicose em seres humanos saudáveis. Coletivamente, nossos resultados vinculam o consumo de NAS com a disbiose e distúrbios metabólicos, chamando, assim, para uma reavaliação do uso maciço deste.

 

Traduzido por Essentia Pharma

Fonte: Nature. 2014 Sep 17. doi: 10.1038/nature13793

Suez J1, Korem T2, Zeevi D2, Zilberman-Schapira G3, Thaiss CA1, Maza O1, Israeli D4, Zmora N5, Gilad S6, Weinberger A7, Kuperman Y8, Harmelin A8,Kolodkin-Gal I9, Shapiro H1, Halpern Z10, Segal E7, Elinav E1

 

“As informações fornecidas neste site destinam-se ao conhecimento geral e não devem ser um substituto para o profissional médico ou tratamento de condições médicas específicas. Procure sempre o aconselhamento do seu médico ou outro prestador de cuidados de saúde qualificado com qualquer dúvida que possa ter a respeito de sua condição médica. As informações contidas aqui não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Nunca desconsidere o conselho médico ou demore na procura por causa de algo que tenha lido em nosso site e mídias sociais da Essentia.”