A ciência está próxima de compreender por que nem todo o mundo desenvolve a doença de Alzheimer à medida que envelhece.

Embora a causa exata da doença de Alzheimer ainda não foi totalmente compreendida, é comum observar o acúmulo de uma proteína chamada beta-amiloide nos neurônios, bem como um emaranhado da proteína tau dentro deles.

Pesquisadores da Escola de Medicina da Universidade da California, em San Diego (EUA), descobriram que uma enzima chamada BACE-1 tem a função de se ligar a uma proteína  denominada “Proteína Precursora da Amiloide” (PPA), quebrá-la em pedaços menores a fim de gerar, justamente, a beta-amiloide. Assim, para os estudiosos, a chave para prevenção das proteínas beta-amiloide é a separação da enzima BACE-1 da PPA.

“É como separar fisicamente pólvora e fósforo para evitar uma explosão”, comenta o pesquisador Subhojit Roy, biológo celular e neuropatologista do Centro de Pesquisa para a Doença de Alzheimer Shiley-Marcos da universidade. “Descobrir como separar a pólvora e o fósforo podem nos dar novos insights sobre o controle da doença”.

O estudo publicado na revista Neuron, é baseado em trabalhos anteriores feitos nos cérebros de humanos e ratos, e em tecidos de culturas de laboratório. Os pesquisadores descobriram que nas células cerebrais saudáveis, as PPAs e a enzima BACE-1 são mantidas separadas, ou seja, são feitas de um modo para não interagirem.

Para aumentar a produção da beta-amiloide, os pesquisadores aplicam uma técnica que aumenta a atividade elétrica dos neurônios, para descobrir o que causa maior interação entre os compostos.

O que fazer para manter o cérebro em atividade e evitar o Alzheimer?

Alguns hábitos e recomendações são incentivados para manter a saúde cerebral! São eles:

– Aprenda um segundo idioma;

– Faça atividades simples do dia a dia (cozinhar, limpar e lavar pratos);

– Consuma a curcumina do açafrão;

– Faça palavras-cruzadas;

– Caminhe, ande, se exercite.

– Coma peixes e oleaginosas (castanhas, nozes, amêndoas);

– Beba chá verde;

– Utilize suplementos como curcumina, DHA e vitamina D, comprovadamente eficazes em manter a saúde dos neurônios.

 

Fonte:

Huffington Post. Why Not Everyone Gets Alzheimer’s. 08/11/2013. (Link)

Das U, Scott DA, Ganguly A, Koo EH, Tang Y, Roy S. Activity-Induced Convergence of APP and BACE-1 in Acidic Microdomains via an Endocytosis-Dependent Pathway. Neuron 79, 447–460, August 7, 2013.  (Artigo)

 

“As informações fornecidas neste site destinam-se ao conhecimento geral e não devem ser um substituto para o profissional médico ou tratamento de condições médicas específicas. Procure sempre o aconselhamento do seu médico ou outro prestador de cuidados de saúde qualificado com qualquer dúvida que possa ter a respeito de sua condição médica. As informações contidas aqui não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Nunca desconsidere o conselho médico ou demore na procura por causa de algo que tenha lido em nosso site e mídias sociais da Essentia.”