Incrementar uma dieta gluten free (“livre de glúten”) não é tarefa fácil aos milhares de celíacos existentes atualmente. A quinoa, um grão originário do México, quando adicionada a uma dieta típica, mostrou-se ser bem tolerada entre esses consumidores, apresentou um novo estudo do American Journal of Gastroenterology.Dr. Victor Zevallos, do Departamento de Gastroenterologia da King’s College, em Londres, na Inglaterra, avaliou os efeitos do grão nesses pacientes. Anteriormente, estudos mostraram que as proteínas contidas na quinoa poderiam estimular as respostas imunes inata e adaptativa em quem sofria da doença.

A doença celíaca é uma reação imunológica ao glúten, proteína encontrada no trigo, cevada e centeio que, primeiramente, afeta o intestino delgado naqueles predispostos geneticamente, mas que, quando retirada a proteína da alimentação, cessam os problemas.

“O estudo sugere que o consumo de 50g de quinoa diariamente é seguro para os pacientes celíacos,” explica Dr. Zevallos. “Os exames sanguíneos apresentaram-se normais, e houve redução dos triglicerídeos, além de um efeito hipocolesterolêmico leve. Mas são necessários mais estudos para determinar os efeitos em longo prazo do consumo de quinoa nesses indivíduos”.

Na pesquisa, 9 adolescentes diagnosticados com doença celíaca consumiram 50 gramas de quinoa todos os dias, por 6 semanas, em uma dieta livre de glúten. O modo como eles preparavam o grão era de livre escolha. Diversos parâmetros foram avaliados como a dieta, perfil  sanguíneo, renal e hepático (fígado), tudo feito antes e depois do consumo da quinoa.

Ferro, vitamina B12, folato e perfil lipídico faziam parte dos exames.

 

Referência

Zevallos, V.F., Herencia, L.I., F., Donnelly, S., Ellis, H.J., Ciclitira, P.J. Gastrointestinal Effects of Eating Quinoa (Chenopodium quinoa Willd.) in Celiac Patients. Am J Gastroenterol. 2014 Feb;109(2):270-8. doi: 10.1038/ajg.2013.431.

 

American College of Gastroenterology (ACG). “Quinoa well tolerated in patients with celiac disease.” ScienceDaily. ScienceDaily, 21 January 2014.