A degeneração macular relacionada à idade (DMRI) é a principal causa de perda de visão entre adultos mais velhos. Desde que as pessoas deste grupo são uma percentagem cada vez maior da população em geral, um maior número de casos vem sendo diagnosticado.

 

Os ácidos graxos essenciais – os quais os seres humanos necessitam para as funções metabólicas saudáveis -, incluem o ácido alfa-linolênico (ácido graxo ômega-3 de cadeia curta), ácido docosahexaenoico (DHA) e ácido eicosapentaenoico (EPA) – ambos ácidos graxos ômega-3 de cadeia longa. O ácido alfa-linolênico é o precursor dietético de DHA e EPA e pode ser convertido em cadeia longa. Importante e relacionado com a estrutura e a função fisiológica do olho, o DHA está presente em concentrações elevadas nos segmentos exteriores da retina, e sua deficiência foi associada com o risco da DMRI.  Além disso, os ácidos graxos ômega-3 de cadeia longa também podem proteger contra danos na retina relacionados à oxigenação desequilibrada, a processos inflamatórios, ou danos relacionados à idade que foram relatados como processos patogênicos-chave no desenvolvimento da DMRI.1

 

Para investigar o assunto mais conclusivamente, um estudo recente examinou os níveis sanguíneos de 963 moradores (idade ≥ 73) de Bordeaux, França.2 Antes do estudo, cada um dos participantes teve seu nível sanguíneo de ômega-3 verificado. Em seguida, durante, 31 meses, em média, seus olhos foram checados quanto a sinais de DMRI.

 

Depois de ajustes feitos, entre eles, idade, gênero, fumantes, educação, atividade física, HDL plasmático, triglicerídeos plasmáticos, polimorfismos e tempo de follow up, foi concluído que altos níveis sanguíneos de ômega-3 foi relacionado com chance reduzida de desenvolver sinais de DMRI [OR = 0,62 para aumento de 1 SD (IC 95%: 0,44-,88); P = 0,008]. Quanto maior o nível, menores as chances. Aqueles com níveis mais elevados eram 38% menos propensos a mostrar quaisquer sinais da degeneração. Os autores apontam que esses resultados correspondem quase exatamente aos muitos estudos populacionais anteriores que mostram a mesma conclusão, proporcionando, portanto, um apoio adicional para o potencial papel do ômega-3 na prevenção da DMRI.

 

Fonte:

  1. Kotsirilos, V; Vitetta, L, et al. A Guide to Evidence-based Integrative and Complementary Medicine. Elsevier Australia, 2011.
  2. Merle BM; Delyfer MN, et al. High concentrations of plasma n3 fatty acids are associated with decreased risk for late age-related macular degeneration. J Nutr. 2013 Apr;143(4):505-11. doi: 10.3945/jn.112.171033. Epub 2013 Feb 13.

 

“As informações fornecidas neste site destinam-se ao conhecimento geral e não devem ser um substituto para o profissional médico ou tratamento de condições médicas específicas. Procure sempre o aconselhamento do seu médico ou outro prestador de cuidados de saúde qualificado com qualquer dúvida que possa ter a respeito de sua condição médica. As informações contidas aqui não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Nunca desconsidere o conselho médico ou demore na procura por causa de algo que tenha lido em nosso site e mídias sociais da Essentia.”