Uma meta-análise de 11 estudos, publicada na edição de outubro de 2017 do American Journal of the Medical Sciences, encontrou uma associação entre a suplementação com ácido fólico e um menor risco de acidente vascular cerebral (AVC). O ácido fólico é a forma sintética do folato, uma vitamina B essencial. Ambas as suas formas, juntamente com as vitaminas B6 e B12, podem ajudar a reduzir a homocisteína, um aminoácido potencialmente tóxico que, quando elevado, está associado a um maior risco de alterações cardiovasculares.
 
“O ácido fólico e as outras vitaminas B desempenham papéis importantes na regulação do metabolismo da homocisteína, e sugere-se que a suplementação de ácido fólico, vitaminas B6 e B12 possam reduzir os níveis plasmáticos de homocisteína”, escreveram o autor Tao Tian, do Peking Union Medical College, em Pequim, e colegas.
 
Foram selecionados 11 estudos randomizados pelo Dr. Tian e sua equipe, envolvendo um total de 65.790 pacientes com doença cardiovascular para a análise. Os participantes receberam ácido fólico (com ou sem outras vitaminas do complexo B), e os indivíduos controle receberam um placebo ou cuidados habituais. As doses de ácido fólico variaram de 0,5 a 5,0 miligramas por dia, e os períodos de seguimento foram de 12 a 87 meses, durante os quais ocorreram 2.826 acidentes vasculares cerebrais.
 
Ácido fólico: eficaz para pacientes com doença vascular
 
Aqueles que receberam ácido fólico tiveram 10% menos risco de AVC em comparação com os indivíduos controle. Entre homens e mulheres que tiveram pelo menos uma redução de 25% nos níveis de homocisteína, a suplementação com ácido fólico foi associada a uma diminuição de 15% do risco de AVC.
 
“A hiperhomocisteinemia foi identificada como um fator de risco modificável e independente para doenças cardiovasculares e está associada a um maior risco de AVC”, afirmaram os autores. “Evidências experimentais consideráveis vêm se acumulando para apoiar o papel da homocisteína na promoção da aterosclerose, incluindo a indução do estresse oxidativo, aumento das respostas inflamatórias e facilitando a disfunção endotelial”, afirmaram os especialistas.
 
Ainda, eles concluíram que a meta-análise mostrou que a suplementação de ácido fólico é eficaz entre indivíduos com doença cardiovascular para a prevenção de AVC.
 
Traduzido e adaptado por Essentia Pharma:
http://www.lifeextension.com/Newsletter/2018/2/Analysis-finds-effectiveness-for-folic-acid-in-stroke-prevention/Page-01?utm_source=eNewsletter&utm_medium=email&utm_content=Button&utm_campaign=EZXX00E