Um relatório publicado em Alzheimer & Dementia descreve que o óleo de peixe possui um efeito protetor sobre a manutenção do volume cerebral e função cognitiva em homens e mulheres mais velhos.

O estudo incluiu 193 pacientes com a doença de Alzheimer, 397 indivíduos com comprometimento cognitivo leve (MCI) e 229 indivíduos cognitivamente normais que participaram da Alzheimer’s Disease Neuroimaging Initiative, um estudo de cinco anos elaborado para avaliar as mudanças na estrutura cognitiva e cerebral em homens e mulheres de 55 a 90 anos de idade. Os indivíduos foram submetidos a testes neuropsicológicos e de ressonância magnética cerebral no momento da inscrição e em intervalos de seis a doze meses. A análise incluiu 117 participantes que usavam regularmente suplementos de óleo de peixe no início do estudo, entre os quais uma percentagem significativa relatou o uso contínuo em visitas subsequentes.

 

Enquanto o volume médio da matéria cinzenta do hipocampo e córtex cerebral diminuiu com o tempo no grupo como um todo, a utilização do óleo de peixe foi associada com melhorias nestas áreas. Aqueles que consumiram óleo de peixe ainda ao longo do acompanhamento apresentaram melhores níveis de função cognitiva; No entanto, o efeito ocorreu principalmente entre aqueles que não eram portadores do gene da apolipoproteína E4, que tem sido associada com a doença de Alzheimer.

 

“Este estudo de coorte retrospectivo é o primeiro a examinar a potencial associação da suplementação de óleo de peixe de maneira contínua com a conservação do volume cerebral e da cognição em todo o espectro de envelhecimento normal e neurodegeneração”, Lori A. Daiello, Universidade Brown, e seus colegas anunciaram. “As relações da suplementação de óleo de peixe com a manutenção do volume da substância cinzenta do córtex cerebral no MCI e do volume do hipocampo na doença de Alzheimer não haviam sido previamente relatadas.” Eles concluem que seus resultados “evidenciam a necessidade de futuras pesquisas sobre os efeitos de longo prazo do uso de suplementos de óleo de peixe sobre o envelhecimento cognitivo e prevenção de demência em adultos de meia-idade e mais velhos”.

 

Fonte:http://www.lef.org/newsletter/2014/7/ALS-risk-reduced-by-higher-omega-3-fatty-acid-intake/page-01

“As informações fornecidas neste site destinam-se ao conhecimento geral e não devem ser um substituto para o profissional médico ou tratamento de condições médicas específicas. Procure sempre o aconselhamento do seu médico ou outro prestador de cuidados de saúde qualificado com qualquer dúvida que possa ter a respeito de sua condição médica. As informações contidas aqui não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Nunca desconsidere o conselho médico ou demore na procura por causa de algo que tenha lido em nosso site e mídias sociais da Essentia.”